CARTA DE UMA NETA

CARTA DE UMA NETA

Querida Vó Nair,

muito obrigada por todos os anos em que tive o privilégio e honra de viver ao seu lado.

Obrigada por tudo que a senhora fez por mim.

Obrigada por me dar toda a alegria da vida e amor que pode existir.

Hoje completa um mês em que vivo com a sra. dentro de meu coração.

Ah…mas que saudade e que falta faz!

Ainda bem que seus jardins, borboletas e pássaros coloridos alegram a minha vida e consigo seguir.

Os bordados possuem vida e são registros de seus sentimentos.

Que delícia admirar o que a sra. sempre mais amou fazer.

Sua caixinha de bordado ficou comigo. Minha mãe me entregou, mas ainda não tive coragem de abrir. Na verdade, abri um pouquinho a tampa, mas a sensação foi forte demais.

Eu sei que ela envolve muitos e muitos sentimentos…

Tento continuar a vida com a mesma alegria. A sra nos envia muita força e meu trabalho me ajuda imensamente.

O que faço me deixa mais perto, pois a sra. está presente em tudo.

E isso é o que nos faz melhor agora e nos ajuda. Por isso preciso muito de vocês – minhas Leitoras, que também são parte do que fazemos.

Ainda não consegui me reestruturar aqui. Mudança, casa nova, tudo isso que aconteceu. Estou tentando normalizar tudo.

Estar ao lado de quem tanto nos amou e que sempre nos proporcionou tanta alegria, vai ser sempre muito inspirador para nós.

Viveu mais de 90 anos tão bem, sempre com extremo otimismo e fé. E amanhã completaria 91 anos.

Tudo que fazemos, que para nós é uma missão de levar bons sentimentos para as pessoas, vai ser mais ainda, e cada vez mais, uma homenagem para a senhora, que sempre tanto nos ensinou e motivou.

Sei que a senhora nos envia toda a força necessária para continuar e em tudo que fizermos de mais belo vai estar representado o nosso amor.

Ah…mas hoje dói meu coração…

O dia brilha, mas sem toda a graça de sempre.

Com toda nossa gratidão por ter tido uma mãe, avó, bisavó tão maravilhosa.

Priscilla, Marina, Beatriz e Helena,

 

 

Vó Nair, a senhora vive em nós agora. Tudo que eu e minha mãe fizermos vai ser para homenagear a senhora. A senhora vai estar presente em cada momento de minha vida, em minhas filhas, suas tão amadas bisnetas, em cada decoração, em cada foto, em cada peça de enxoval, em cada bordado, em cada flor, pois somos tudo que a senhora nos ensinou e viveu para sermos felizes.
A senhora vive em nós, em tudo que fizermos e para sempre, de sua filha Marina e neta Priscilla.

“Eu nasci para ser feliz! Bordo a vida com alegria e amor!” Nair.

Um agradecimento especial a quem se dedicou a cuidar de minha avó nos últimos anos, principalmente minha mãe Marina, meu irmão Roberto, as nossas queridas Telma e Lu, Regina e Marisa. As suas amigas mais queridas e que sempre estiveram presente. A querida Dra Simone. Ao fisioterapeuta Vitor. E o médico que nos acompanhou em nosso momento mais difícil, dr.Samuel.

 

12 Comentários

  • Elisabete Pereira
    8 meses atrás

    Hoje que li sua linda e sentimental carta,dedicada a sua amada Vô Nair.No decorrer da leitura me de parei chorando pois um talento como sua Vó ,inspira a todas nós leitoras!
    Querida ,és agraciada por ter lembranças tão lindas!
    Obrigada por tanta beleza e encanto!
    Grande abraço! – Elisabete Pereira

  • Gabriela
    9 meses atrás

    Que carta linda Pri, uma bela maneira de homenagear à tão querida Dona Nair. Essa carta nos transmite todo o amor que vocês sentem por ela, nos emociona de uma maneira inexplicável. É maravilhoso poder sentir esse amor e carinho que vocês sentem por ela! Que honra para você poder ficar com a caixa de costura dela, mas confesso que toda vez que você abrir a caixa, a emoção falará mais alto!! A D. Nair foi um exemplo de pessoa!! A sua família é muito especial!! Que Deus abençoe sempre vocês!! Um beijo e um abraço bem apertado, Gabi – Gabriela

  • katia@biscoitobiscovilho.com.br
    9 meses atrás

    Que linda carta Priscilla!Sei o quanto é difícil esse momento de breve separação,há três anos meu pai querido também se foi e a saudades que sinto dele é infinita,mas o tempo é capaz de confortar todos os corações.E sei que esse até breve um dia se transformará em um lindo reencontro.Um grande beijo e que você e sua família fiquem em paz! – katia@biscoitobiscovilho.com.br

  • Edith neiva barboaa
    9 meses atrás

    A gente consegui sentir sru amor por D.Nair
    com suas palavras.
    Eu perdi meu pai ha 32 anos e ainda hoje
    converso com ele, peço conselhos, choro em seu colo.
    Tudo que vivemos ainda é real em meus pensamentos, seu amor
    e seu cuidado, seu carinho e atenção são presentes todos os dias.
    Saiba que isso nem o tempo apaga e derrepente vc vai se ver conversando com ela
    como se estivesse bem ali ao lado.
    Como vc mesma disse, apesar de ela não estar presente, não sobra espaço bpra tristeza
    porque ela te ensinou a amar, cuidar e ser feliz! !! – Edith neiva barboaa

  • Karine Sathler
    9 meses atrás

    Nossa… a emoção me tomou ao ler sua carta.
    É lindo amar alguém assim e ser amada também…
    É muito bom saber que os bons momentos não se apagam, que somos inspiradas pelas boas lembranças e movidos pelos exemplos de pessoas especiais.
    Beijos e ótimo dia pra você!!! – Karine Sathler

  • Célia Marques
    9 meses atrás

    Espero que eu seja uma avó tão especial para meus netos,Lívia e Arthur,quanto foi e continua sendo dna.Nair.Uma neta especialmente querida,como você para dna Nair,Lívia é.Você,com todo esse amor e carinho pela vovó,me inspira a ser uma boa avó para meus netos,ou seja,você querida Priscilla,com tanto amor e carinho pela sua família e em especial,nesse momento pela dna Nair,transforma para melhor vidas.
    Fica com a proteção dos Anjos.
    Célia Marques.Florianópolis. – Célia Marques

  • Nice Caldas
    9 meses atrás

    Olá!
    Vi a homenagem q vc fez para a sua vó e a sua foto com ela, fiquei emocionada. Estou passando por essa dor, pois minha mãe partiu para morar com Jesus há 8 meses e é como se fosse ontem. Às vezes dói tanto que a gente pensa que não vai aguentar, mas aí vem o Senhor e conforta o nosso coração e assim Deus, também, há de consolar vc e toda a sua família. Fiquei emocionada com as suas palavras e também com a sua foto com a sua vó que é uma foto parecida com uma que tirei com minha mãe, em que eu a abraçava e ela segurava o meu braço, ;também com um semblante lindo e doce. Que Deus abençoe vc e toda a sua família.
    Um abraço,
    Nice Caldas – Manaus/Am – Nice Caldas

  • Claudia
    9 meses atrás

    Como já disse, o coração dela bate nos seu agora! É isso é maravilhoso! Conheci sua avó há muito tempo e a força e ternura me deixaram encantada, uma verdadeira matriarca que junto de seu avô construiu uma família espetacular! Você como neta sempre foi motivo de orgulho e alegria, e sem dúvida, é essa alegria que ela quer ver perpetuada, fazendo felizes aqueles que convivem com você. A missão de espalhar beleza está em suas mãos, movidas pelo amor? – Claudia

  • Luciana
    9 meses atrás

    Que lindo, Priscilla! Parafraseando Martha Medeiros :” Saudade é não saber mesmo”…
    Dói muito e parece que a dor não vai acabar, mas a saudade é também a memória de amor que não morre! Vivemos uma época delicada, marcada pela inversão de valores, ditada por modismos que não sabemos- Graças a Deus- o porquê segui-los. Daí percebemos que estamos na contramão da estória, passamos a ser mais criteriosos e todas essas memórias e momentos vividos, que contam muito mais de nós, ficarão cada vez mais evidentes, seja no nosso dia-a-dia, no falar com os filhos, nos posicionamentos os quais nos foram ensinados, enfim, tudo, em cada detalhe, lá estará a memória como a melhor companheira. E esta caixinha de bordados, que ainda não tem coragem de mexer, pense que será seu amuleto, uma espécie de “caixinha da sorte”, cujo colorido das linhas ali guardadas transmitirá toda a energia da presença de amor de Dona Nair que nunca, jamais, se ausentará de seu coração. É isso que fica, é esse sentimento que vale a pena. Que continuem trilhando os ensinamentos aprendidos e que todo o amor vivido e recebido, seja multiplicado e transbordado por meio dos belíssimos trabalhos que sabem desenvolver como ninguém.. Estaremos por aqui, acompanhando de pertinho!
    Com carinho, Beijos, Luciana- Vitória/ES.
    – Luciana

  • Tereza M.
    9 meses atrás

    Priscilla, linda homenagem à sua avó, a nossa querida D. Nair. Abra a janela, leia essa carta para ela, em voz alta, e essas ondas sonoras irão ecoando por todo o planeta. Acredito que D. Nair tenha tido a neta ideal, aquela que ela desde sempre já antecipava como seria. Você, meiga Priscilla, é como um bordado feito em ponto matiz: suave, firme, bem preso ao tecido e bonito! Realmente, nem parece que já faz um mês! Imagino uma festa no Céu, com muito encantamento e D. Nair conversando com as amigas que partiram antes dela e com seus próprios familiares! Muito simbólica essa entrega da caixinha de bordado dela para as suas mãos! Uma homenagem de sua mãe a você que neste mundo é a pessoa certa para guardar esse tesouro de lembranças inesquecíveis! Olhe, neste momento só tenho a desejar muita alegria para todos e que sempre D. Nair seja lembrada em toda sua glória! Uma mulher que soube como ninguém honrar os papéis de ser humano, mulher, esposa, mãe, avó, bisavó, amiga e que muito ajudou a restabelecer o prestígio e o valor do belo ofício de bordar! Viva D. Nair! – Tereza M.

  • Aretusa
    9 meses atrás

    Oi Pri, que sentimento lindo traduzido em belas palavras, sua vó com certeza tinha muito orgulho de voce e continua tendo, por tudo que voce faz pela sua dedicacáo com a familia e com o seu trabalho. A vida segue seu curso e estamos aqui para percorrer esse imenso rio, hora mais turbulento, hora mais tranquilo, nao podemos desanimar tudo na vida tem um propósito, embora muitas vezes náo percebamos qual é. Fique bem e de um abraço em sua máe, bjos. – Aretusa

  • Cely
    9 meses atrás

    Essa homenagem mostra quanto amor sua avó ofereceu a vc . Resultado d tanto carinho em forma de linhas rendas que foram feitos d ponto a ponto até formar um lindo desenho em forma de amor , amor q foi lindamente oferecido de volta a ela por vc e toda a família . Linda homenagem Priscilla – Cely

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Destaques

Receber em Casa

Queridas Leitoras, que delícia postar as mesas daqui para vocês! Estou aproveitando Janeiro para fazer coisas em casa que amo e que nem sempre tenho mais tempo como antes…organizei todas as minhas peças de anfitriã e meus armários.

Ler mais
A Mesa de Natal da minha Família

No post de hoje, com o nosso Natal, algumas fotos são minhas e outras do meu irmão Rodolfo, pois tinha acabado de chegar de Salvador (em breve vou fazer um post para vocês sobre lá) e consegui fazer apenas alguns cliques pelo iphone.

Ler mais